Workshop 2013: Rótulos Cervejeiros

22/08/2013

O Workshop mais esperado do ano voltou! Após vários pedidos marquei uma nova data para o único workshop sobre rótulos cervejeiros do Brasil. Este Workshop foi desenvolvido para suprir a carência do mercado brasileiro sobre o assunto.

Além de várias dicas sobre criação,  história da cerveja no Brasil, marketing, mercado e conhecimento técnico sobre legislação para rótulos, será uma ótima oportunidade para batermos um papo, e degustarmos a nossa bebida favorita.

Este ano o Workshop foi desenvolvido em parceria com a  Lamas Brew Shop.

Cartaz Workshop Rótulos WEBDestinado a cervejeiros, estudantes de comunicação e entusiastas da Cerveja.

Programação:

– Histórico dos Rótulos de Cervejas Brasileiros;
– Tipos de Papéis;
– Tipos de Impressão;
– Importância do Rótulo – Mercado;
– Legislação;
– Estudo gráfico de alguns rótulos atuais;
– Dicas e cuidados para criação de rótulos;
– Novos materiais e tendências de mercado (Atualizado);
– DIY – Como fazer rótulos de qualidade em casa ;
– Como preparar os rótulos para a gráfica ;
– Como Analisar e julgar um rótulo;
– História e mercado atual (Marketing para Micro Cervejarias).
– Discussão, dúvidas e avaliações de Rótulos Presentes.

Orientador:

Robson Vergilio – Publicitário e Designer Gráfico há 19 anos. Fundador da Confraria do Galão e Juiz BJCP. Após descobrir o homebrew, dedicou-se ao mercado cervejeiro, sendo o primeiro profissional brasileiro especializado na criação de rótulos cervejeiros.“

Apoio:

Lamas Brew Shop

Avery Dennison

Dia 21/09/13 – Às 9:00h
4 Horas de duracão com Apostila e Certificado!
Investimento: R$ 250,00

Local: LAMAS BREWSHOP – CAMPINAS:
Rua Dona Luiza de Gusmão, 527 – Campinas/SP
Inscricões pelo site até 19/09/2013:

Inscrições: CLIQUE AQUI!

Kits de 5 litros à venda

10/06/2013

Em parceria com aLamas Brew Shop, disponibilizamos no mercado o Kit de Cerveja de Galão, pronto para o uso. É o kit básico para fabricação de 5 litros de cerveja caseira mas que pode ser ampliado facilmente. Com este Kit o seu sonho de fazer a sua primeira cerveja torna-se real. Com ele você tem o básico para fazer cerveja em casa de forma prática, fácil e divertida. O Kit de Fabricação de Cerveja 5 litros dos Lamas, foi desenvolvido por mim em parceria com os Lamas.

Foto Kit Foram 3 anos de testes, aperfeiçoamentos e muito esforço investido. O objetivo, além de fazer um kit de baixo custo, era fazer cerveja de uma forma simples, em um pequeno espaço físico e em curto período de tempo. Esse Kit lhe dará a possibilidade de fazer excelentes cervejas, com quase nenhuma probabilidade de erros. O kit, devido à sua simplicidade, oferece um grande controle de qualidade em suas levas de cerveja. Produzido totalmente em aço inox, material perfeito para cervejas.

Este kit é composto por:

1 panela de inox de 7,5L;
1 tampa em vidro temperado;
1 tina de filtragem tipo-fundo falso em inox;
1 válvula esfera de 1/4″;
1 espigão de 1/4″ para 3/8″(barbatana) para adaptar mangueira de envase.
1 balde plástico alimentício de 5L ;
1 vávula airlock;
1 torneira;
1 arrolhador de tampinha;
1 colher de polietileno atóxica de 34cm;
1 borrifador;
1 litro de alcool 70%;
1 jarra graduada de 1L;
0,5 metro de mangueira cristal 3/8″;
1 filtro auxiliar – grain bag
1 Guia Ilustrado: Como Fazer Cerveja – 1º Receita dos Lamas

Você pode adquirir seu kit clicando AQUI!

O kit encontra-se em duas versões, uma com arrolhador tradicional, ou com arrolhador Italiano Emily, com preços a partir de R$ 395,00.

Seja bem vindo ao mundo da Cerveja de Galão afinal, a melhor cerveja pode ser a sua!

Cerveja de Galão: A Cerveja Verde

18/03/2013

Cumprindo a promessa, divulgo o resultado da cerveja verde produzida com Single Malt e Single Hop.

quartetoA cerveja ficou boa! Bastante aromática e com um bom sabor, destacando a presença marcante do malte Pale,  porém apresentou algumas falhas devido, provavelmente, ao corante.

Como dá para observar na foto ela ficou MUITO verde, confesso que exagerei no corante. Coloquei 10 mL, quando o ideal seria algo em torno de 3 ou 4 mL. É questão de testar mais porém, outro St. Patrick´s Day só em 2014.

Este excesso de corante deu uma “encorpada” às avessas na cerveja, deixando-a ligeiramente oleosa.

Valeu como experiência, foi bem divertido ver a galera preocupada com a lingua verde. Mais legal ainda foi ver que ninguém jogou fora e beberam até o fim.

Resultado final:

Aroma: Profundamente maltoso, com destaque para as notas cítricas proveniente do Lupulo. Extremante equilibrado.
Aparência: Verde demais, fora até mesmo da expectativa.

Sabor: Extremamente maltoso, com um pequeno toque caramelizado resultado da fervura. Não apresentou diacetil. Notas alcoólicas nulas. Pouco amargor.

Sensação na boca: Cerveja intensa, bastante encorpada, apresentando uma viscosidade alta, quase oleosa. Pouco alccólica, bastante carbonatada, com espuma densa e persistente.

Impressão Geral: Essa cerveja valeu pela experiência. Ficou equilibrada, mas ligeiramente pesada, não servindo para uma cerveja de alto consumo.  Provavelmente ficaria enjoativa após o terceiro copo.

Eu daria uma nota 6 para esta cerveja curiosa e divertida.

 

Cerveja de Galão: Engarrafando! (Com Brinde)

11/03/2013

Do mundo do Batman (refletindo sobre a sobriedade. Ela é necessária?) Galoneiros e Galoneiras, depois do post Cerveja de Galão: Mais simples, impossível!, vamos agora engarrafar a criança.  Vamos começar preparando os materiais.

1 Nesta etapa eu separei um balde fermentador de 5 litros – com torneira, um balde comum e garrafas suficientes para engarrafar os 5 litros de cerveja.  Depois borrifei sanitizante por toda a mesa de trabalho, algo desnecessário, mas eu fiz assim mesmo, só por garantia.

2Em seguida enchi o balde fermentador com sanitizante, e deixei agindo por uns 20 minutos….

3… depois dos 20 minutos, através da torneira, enchi as garrafas que serão utilizadas, com o mesmo sanitizante.

4Após encher todas as garrafas, deixei o sanitizante agindo nelas por mais 20 minutos e o balde escorrendo. As tampinhas já estavam em solução sanitizante.

6

Depois dos 20 minutos de sanitização das garrafas, coloquei tudo para escorrer. Nesse meio tempo já coloquei o garrafão em cima da bancada de trabalho e borrifei sanitizante no gargalo, com a rolha ainda.

7

O sanitizante vai agindo no garrafão e eu vou preparando as garrafas: Para as garrafas de 600 mL despejei um sachê de 5g de açúcar, para as de Long Necks, meio sachê: 2,5 g.

9Depois disso, transferi a cerveja do garrafão de vinho para o balde, com muito cuidado para não espumar. Fui despejando pela lateral do balde. O BRINDE: No fundo balde, despejei 10 mL de colorante alimentício verde. Minha intensão é que esta cerveja fique verde (redundante isso…). Vou abrí-la no dia 17, dia de St. Patrick. Vamos ver no que dá. Esse lance do colorante é totalmente dispensável, mas fica como teste, segunda que vem venho com as fotos do resultado desta experiência e do encontro.

8

Depois de todas as garrafas sanitizadas e com o açucar já no fundo delas, fui enchendo uma a uma, com muito cuidado para não fazer espuma. Depois de cheias foi a hora de fechar….

10

…com a ajuda do cravador.

Agora é só esperar mais uns 5 dias, colocar pra gelar e beber! Estas brejas vão para o encontro em comemoração ao St. Patrick’s do C5 – Clube dos Cervejeiros Caseiros de Campinas e Cercânias. Vou pedir para alguns dos bêbados presentes fazerem a avaliação dela.

Rendimento: 5 Garrafas de 600 mL e 4 de 330 mL.

Qualquer dúvida é só escreverem.

 

 

Se beber não dirija (10)

08/03/2013

caminhaobacker E ai cervejeiros? Alguém sabe alguma coisa sobre o brinquedinho ai em cima? Essa foto foi tirada na Brasil Bier 2012.

Cerveja de Galão: Mais simples, impossível!

26/02/2013

Campinas (alguém precisa de um redator para fotonovelas?) Seguinte pessoas, atendendo às inúmeras solicitações na página da Confraria do Galão, resolvi fazer esse tutorial, passo a passo, com muitas fotos, destinado a quem quer iniciar no mundo das levas de 5 litros. Fui fazendo e fotografando, o post está em ordem cronológica dos procedimentos que eu adotei. A cerveja produzida foi a mais simples possível, uma “Single malt, single hops” ou seja, usei apenas um tipo de malte, e um tipo de lúpulo. É claro que são técnicas básicas, mas lembrem-se: Estou escrevendo para iniciantes. Vamos lá então:

A receita:
a receitaForam utilizados 1,6 kilos de malte Pale Ale, 15 gramas de lúpulo Cascade e 3,7 gramas de fermento US05. Além de 8 litros de água mineral. Foto abaixo.

1 ingredientes

Vamos começar pela montagem da panela. A foto abaixo não precisa de muita explicação, mas mesmo assim vamos lá: Coloquei a panela no fogão e liguei na bomba, certo?  PS. Já coloquei 6 litros de água nela.

1 Continue lendo »

Portifólio: Garvin Brewery

20/02/2013

peça rótulos e.mail

A história surgiu da paixão de dois amigos mestre cervejeiros pela bebida mais popular da humanidade. Na capital do estado de São Paulo, Oscar Musa e um amigo, iniciaram homebrewers em seus apartamentos. A paixão cresceu e virou um objetivo, daí surgiu a Nevada, uma cerveja encorpada e com muito mais sabor. Após a entrada da sócia Kakau Rodrigues em 2012, seu nome mudou para Garvin Brewery.

A Garvin é Naturtrüb e Unfiltriert. Ou seja, nós abrimos mão da estética em prol do sabor. Nosso processo de fabricação confere uma coloração turva, e claro, muito mais sabor. Como não a filtramos, a pequena quantidade de fermento remanescente é responsável pela segunda fermentação na garrafa. O resultado, uma Garvin com espuma mais consistente, saborosa e com coloração densa. Nosso diferencial para as marcas mais populares é que essas são filtradas antes do envase o que dá à bebida aquela coloração translúcida que conhecemos.

A Garvin é puro malte e respeita a tradição alemã, em nossas receitas não há cereais não maltados e nem frutas. No ano de 1516, na Bavária, tradicional região cervejeira da Alemanha, foi criada a Reinheitsgebot que aplicava multa para as cervejarias que utilizassem ingredientes além do malte, água, lúpulo e fermento. Lei em vigor até hoje e expandida para todo o país.

A Garvin foi criada para ser sua companheira nos momentos mais felizes da sua vida e pelo simples prazer em apreciar uma cerveja Nuturtrüb. Para todos os momentos há sempre uma Garvin sempre gelada.

Prost Mit Garvin!

Clipagem: Confraria do Galão.

15/02/2013

Logo Confraria do Galão pequenoPara quem não sabe ainda, eu sou um dos fundadores da Confraria do Galão, uma associação de cervejeiros caseiros que produzem 5 litros por leva. Logo mais vou começar a pingar aqui alguns tutorias, uns vídeos e umas dicas sobre esta nova tendência cervejeira.

Os últimos dias foram bem legais para a Confraria, que apareceu bastante na mídia. Para quem se interessar em conhecer um pouco mais sobre nossa proposta, recomendo a leitura e o áudio abaixo.

Começo pelo Have a Nice Beer, que contou um pouco a história do surgimento da Confraria, com depoimentos meu e do Linus. Neste texto tem também umas dicas de equipamentos.

Nesta sexta 15, dei uma entrevista ao Programa Pão e Cerveja, da Rádio CBN, para ouvir basta entrar na página deles e procurar por: A produção artesanal de cerveja em quantidades bem reduzidas

E repercurtindo esta entrevista, o Site Brejas divulgou um resumo dela, para quem não quiser ouvir e apenas ler.

Portifólio: Cervejaria Nardy&Rocchi

04/02/2013

fotoCerveja artesanal de altíssima qualidade produzida pela Cervejaria Nardy&Rocchi, um projeto visionário dos médicos e mestres cervejeiros Paulo César Nardy e José Prado Rocchi Filho que se iniciou na cidade de Jaú-SP no ano de 2012.

Birra Tremeschin

Nardy Beer Rotulo copy

 

Rocchi Beer Rotulo copy

Portifólio: Söul Beer

27/01/2013

Garrafa Soul copy

Uma cerveja artesanal para beber entre amigos e de forma inteligente. Aprecie seus sabores e aromas exclusivos de cada brassagem. A Söul Beer é única e produzida sempre a partir da manipulação dos melhores e mais puros ingredientes.


%d blogueiros gostam disto: