Licor Cremoso Amarula

A mística Marula ou Árvore do Elefante (Sclerocarya birrea) é o termo indígena para África sub-equatorial. Ela porta um fruto oval pequeno com sua polpa ao redor de um caroço grande, muito duro . Do meio de janeiro até o meio de março a fruta marula amadurece, dando ao fruto seu aroma distintivo e coloração amarelada.

Desta árvore mística e procurada, nasce o Amarula Cream. A fruta madura é colhida e a polpa removida da casca. À medida que as marulas amadurecem, os habitantes locais as colhem e as entregam à fábrica de marula ou centros locais de coleta. O pagamento é efetuado individualmente por cada quilo entrega.

A fruta é selecionada em uma correia de classificação, sendo que a fruta estragada é descartada e a fruta verde é armazenada até amadurecer. No tanque de remoção de caroço, lâminas giratórias separam a polpa do caroço duro. A polpa resultante e os caroços são então separados. A polpa de marula é então bombeada para tanques de resfriamento de aço inoxidável, onde é mantida sob temperatura constante de – 8° C para evitar fermentação. A polpa é então transportada em tanques, matendo uma temperatura constante de menos 8° C, para o celeiro da Distell em Stellenbosch.

No celeiro, a polpa é transferida para tanques de fermentação, onde uma cultura de levedura pura é inoculada na polpa para iniciar o processo de fermentação. As condições são semelhantes às da fabricação do vinho.

Uma vez totalmente fermentado, o vinho transparente de marula é transferido para a destilaria. Os sólidos da fruta são comprimidos para extrair todo o suco e então destilados para liberar o aroma de fruta da marula, que é adicionado ao vinho de marula.

Durante a fermentação, que é efetuada a 18° C – 20° C, o açúcar natural da fruta presente na marula é convertido em álcool, o que leva de sete a dez dias. Durante este estágio as partículas sólidas de fruta decantam para o fundo dos tanques.

O vinho de marula é destilado em potes de cobre para produzir a bebida de marula com sabor característico, que é então maturada em carvalho por dois anos em pequenos barris de carvalho.

Após dois anos de maturação, a etapa final na criação do Amarula Cream é a mistura do licor com o creme fresco mais fino, até que uma consistência uniforme seja obtida. O processo de transformação em creme é do mais alto padrão, resultando em um produto cremoso que é deliciosamente rico e suave, com um conteúdo de álcool de 17%.

Porém as frutas que não são colhidas amadurecem e caem no chão, dando início a um processo natural de fermentação. Alguns “animaizinhos” africanos, cansados de caçar, as vezes alimentam-se destas frutas, muitas em estado avançado de fermentação, e o resultado você acompanha no vídeo abaixo:

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: